24 de mai de 2010

Domingo é dia de Churrasco







Aos domingos, quando meus cunhados resolvem vir nos visitar com a família, geralmente fazemos um churrasquinho, mas gato passa longe, viu? rs Brincadeiras  à parte, eu sempre tive [tenho um pouco ainda, confesso]  muita  dificuldade em saber sobre os tipos de carne pra isso e pra aquilo, como já falei aqui. E com relação ao churrasco também ficava perdida com relação às quantidades e coisas  afins. Mas até que há algum tempo atrás, Marido comprou uma dessas  revistinhas com receitas para almoço de domingo e não é que a bendita veio com tudo explicadinho com relação ao churrasco? Adorei a idéia e divido tudinho aqui com vocês agora:

No dia anterior:

* Defina o número de convidados e compre a carne. A média é 300 a 400g por pessoa. Só tome cuidado se forem cortes com osso, que pesam muito, mas têm menos carne.
* Coloque as  bebidas para gelar [refrigerante, cerveja e pinga pra  caipirinha].
* Se utilizar carne congelada, deixe-a descongelando na geladeira.

No dia do Churrasco:

*Compre o carvão [clacule 1kg para cada convidado].]
* O fogo deve ser acesso logo cedo para que a brasa fique no ponto ideal na hora  do churrasco.
* Existem no mercado produtos especiais para acender o fogo na churrasqueira.
* Nunca use querosene, gasolina ou outro produtos inflamáveis. Além de passarem o gosto para a carneee, prejudicando a saúde, há risco de explosões.

A Churrasqueira

* Depois de acender a churrasqueira não fique mexendo no carvão.
* Antes de colocar a carne, verifiquee se a chama do braseiro estabilizou e se não está alta, pois pode assar a carne por fora e deixá-la crua por dentro.
*  Para controlar a altura do fogo, deixe por perto uma garrafinha de água com um pequeno furo na tampa.
* A distãncia entre a carne e o braseiro deve ser de aproximadamente 30cm.

Carnes:

* Para temperar as carnes, o ideal é utilizar apenas sal grosso. Aves e peixes podem ser temperados com sal refinado. Evite os temperos ácidos, como limão ou vinagre, que endurecem as  fibras.
* Não salgue a carne com muita antecedência, para evitar reseque. O ideal é temperar na hora de assar.
* Não retire a gordura da peça antes de assar, para que a carne fique mais macia e saborosa.
* Cortes maiores de carne como costela e cupim devem ser assados lentamente na parte mais alta da churrasqueira.


Carnes preferidas para o churrasco

Alcatra : apresenta pouca gordura, que ainda deve ser retirada, deixando-a perfeitamente limpa. Deve ser cozida ao ponto ou mal passada. Como as outras carnes de primeira, não deve ser fatiada e sim cortada em pedaços grossos para ser levada ao prato. É a maneira de manter o ponto por fora, na casquinha, e a suculência por dentro.

Picanha : é macia e isto se deve por ser uma carne sem músculos e de alto volume sanguíneo, o que lhe marca o sabor característico. Ela deve ser servida em pedaços grossos e no prato é que se vai cortando em pequenos cubos para comer.
O ponto certo da picanha é o malpassado.

Contra-file : é macio, tem sabor acentuado, muito suco e dificilmente se erra no ponto. Deve ser servido ao ponto ou mal passado, sob pena de perder o suco e daí o sabor. Para servir, corte em postas de espessura média.

Maminha ou ponta de alcatra : deve ser servida malpassada mas aceita ser servida ao ponto e até bem passada.

Filé mignon : caracteriza-se por ser uma carne macia e gosto levemente adocicado. Tem presença obrigatória nos melhores restaurantes. Para grelhar deve ser cortado em bifes grossos e servir ao ponto pois a maciez e o sumo se mantém.

Fraldinha : é uma carne muito saborosa, boa de assar mas que não é uma carne popular. Não deve ser passada demais. É uma carne cheia de gorduras e nervos e é preciso ser muito bem limpa para ir até à grelha.

Chuleta : é também uma carne saborosa mas às vezes fica dura ao ser assada. Seu ponto certo é o malpassado.  É entremeada de gordura, que a mantém suculenta.

Costela : é a carne mais típica do churrasco. Para os churrasqueiros, churrasco é sinônimo de costela. 
Antigamente fazia-se churrasco só de costela e de alguns anos para cá é que foram introduzidos outros tipos de carne. Ela só deve ir ao fogo quando estiver bem limpa, isto é : carne à vista de um lado e osso de outro. A costela deve sempre ir às brasas com o lado do osso para baixo.  Somente quando esta parte mostrar-se bem assada é que se deve virar o espeto. Serve-se ao ponto.
Além do churrasco tradicional, usa-se no Brasil outros tipos de carne como a de porco, ovelha, frango e peixe, além da linguiça, coração de galinha, etc.    

Frango: asa e  coxinha da asa são as melhores.

Acompanhamentos

* Vinagrete básico: com tomate, cebola, slsa, vinagres, azeite, sal e orégano.
* Farofa: aposte em uma receita simples, por exemplo, com manteiga e cebola.
* Outros pratos: arroz, mandioca frita ou cozida e maionese de legumes.
*  Pão de alho

A cervejinha estava supimpamente gelada, mas fiquei mesmo no refri, ainda mais porque sábado abusei, né. rs Mas pra não dizer que sou santa, tomei uns dois ou três goles da tulipa do Marido. ;oD

Fonte: Guia de Culinária - Almoço de Domingo- Ano 2, nº 3 -2009
Imagem:  Busca do  Google 



9 Comentários:

Márcia Basílio disse...

Essas dicas para a produção de um churrasco são ótimas. No seu blog só tem coisas gostosas é de ficar com água na boca, parabéns!!!
Bjs e tenha uma ótima semana

Ana Maria ( Jeito de Casa ) disse...

OI PATRÌCIA

aqui em casa sempre rola um churrasquinho. Meu marido prefere fazer com a carne fatiada mais grossa, assa mais rápido e se precisar colocra mais um pouco assa bem rapidinho.
Coloquei a receita do empadão no blog hoje. passa pra ver.

bjus e obrigadinho pela visita.

Juliana Masselli Castro disse...

Hummmmm sou doida por Churrasco!!!!
Ontem teve em casa tb! :)

Beijos!

Lilian disse...

Hum q delicia!
Sou gulosa pra carnes(nw deveria,eu sei,rs)

Gostei das informações,aqui tbm todo domingo faço churrasco!

Suas dicas me ajudaram a tirar algumas dúvidas,principalmente quanto come de carne cada pessoa em média!!!Valeu!

Bjokas

Tatiana disse...

Adorei o tutorial churrasco!
Meu marido precisa ler!
Bjs

welze disse...

uma senhora aula de como preparar um bom churrasco e qual carne usar. Nós aqui em casa adoramos as de porco e fraldinha faz muito sucesso aqui tb. bom dia

Renata França disse...

hummmmm...
deu até vontade!!!
ótimas dicas!!!
Mas lá em casa, o churrasco será sempre por conta do marido, que é gaúcho e entende tudo, bah! hahaha
beijão!!!

»¤Þ䵣䤫 disse...

Que delicia, churrasco é sempre bem vindo né, muito bacana o post! Bjinhos e uma ótima semana!

Telma Maciel disse...

ótimas dicas! Preciso msm dessas informações pq adoro fazer uma coisinha em casa... e churrasco é básico, né? rs
Bjks

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  ©Dona Amélia - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo