27 de jul de 2010

Simples, mas nem sempre óbvio...


Simplesmente chega o dia em que 
O chão grita para ser varrido,
Que as vidraças querem se banhar
Sem o morno que escorrega da chuva.
O banheiro quer mais do que o soluço
No ar, com cheiro de pinho ou lavanda;
Os móveis pedem para respirar sem
As manchas de mãos solitárias que se
Agarram ao pó dos dias cinzentos,
Os armários não cabem mais os bailes
Desajeitados de vestidos e ternos, em 
Passos de sapatos e sandálias desalinhados,
No descompassado preto e branco do filme passado...
O presente quer o colorido da roupa que
Sai da máquina, limpa e com cheiro de 
Futuro feliz, que só aguarda o amaciar
Dos sorrisos limpos depois da faxina...

Patrícia Di Carlo
Imagem: Katherine Dinger



Eu tenho que confessar uma coisa aqui pra  vocês: esse cantinho, a cada dia que passa, tem ficado mais pessoal, totalmente diferente do que imaginei pra  ele há quase 6 meses atrás. E eu estou adorando isso, pois esse é meu jeito real de ser, não sei viver as margens das  coisas, quando gosto, quero, só sei mergulhar fundo.
Não sei o que vocês vão pensar disso, o blog não perderá suas características, ma acredito que posso mesmo somar tudo que tenho feito aqui, até agora, com esse meu lado tão mais pessoal.
E essa poesia eu fiz há alguns anos, e revisitando meu "Depósito Virtual",  no Multiply, acabei achando que tinha tudo a ver com o Dona Amélia. Espero que vocês, assim como eu, curtam essa nova fase do blog.




14 Comentários:

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Que bom q vc tá trazendo suas memórias do Multi pra ca.
Fica ótimo sim, o blog tem que ter sua cara, suas idéias e seu jeitão.

E no blog, cabe de um tudo!

VC tem talento pra escrever, a gente agradece.
bjs e bom dia frô

Vicentina disse...

Vou curtir pode ter certesa.
Bjs

Aqui na Cozinha - Patty Martins disse...

Querida Patty
Ando tão ausente da net estes dias, não porque queira, mas pelas circunstâncias. Minha filha, de 16 anos, viaja amanhã p a Dinamarca, p um intercâmbio de 1 ano. Então imagina a loucura q está minha vida, preparando mil documentos. E o coração então? Super apertado. Mas é assim, né? A gente criar, ensina a voar e uma hora eles levantam voo.
Beijos e semana que vem volto ao ritmo normal

Jujju ♥ disse...

Nossa que lindo...

Que sensibilidade...

Eu acho que un blog tem que ser isso mesmo, bem pessoal, único como a dona.. é isso que nos torna especial e interessantes...

Bjooos

branca rotelli disse...

Oi Patricia, tudo bem? Bom, eu uso feltro da miramontes mesmo, aqui em Udia não temos muitas opções. bjinhos e boa sorte nos novos projetos.

Fátima disse...

Olá Dona Amélia!
Acabo de chegar ao seu cantinho, dei uma passeada por aí, gostei muito.
Achei interessante sua poesia fazendo uso do cotidiano de uma casa, "arrumação".
Acho mesmo que cada um deve seguir seus impulsos no que se refere ao uso do blog, afinal´, aqui é exatamente para que possamos interagir de forma descompromissada e totalmente sem regras, coisa que somos obrigados a fazer no mundo real.
Coloque aqui tudo que tiver vontade, será seu analista gratuito, rs.

Beijinho.

Renata França disse...

A poetiza Amélia!!
Adorei!! Você escreve com a alma!!
E se eu vou curtir a nova fase do blog?
Vou é amar...e esperar ansiosamente por tudo o que tiver toque de pessoalidade. Eu adoro isso!!
Beijão!!

Roberta M. disse...

Querida, amei sua poesia, e olha, é sempre bom renovar, mudar e transformar para se beneficiar, para melhorar por dentro e por fora!! Vá em frente, grande beijo

Alessandra disse...

Paty, acho que blog é isso mesmo, a gente escreve o que está no coração, na mente e nos pensamentos.
Tem que ter a nossa cara para ser natural e verdadeiro.
Se tivesse que ser quadradinho faríamos um site, não é mesmo?
Quanto a foto, sou eu mesma!
Apesar de ser eu há dois anos atrás! rsrs Hj estou diferente! É que achei que aquela foto com o chapéu combinava com o template. rs
Obrigada pelo carinho.

BJocas,
Ale

Débora Fouraux disse...

Nossa, adorei a poesia! e boa sorte nessa nova fase aqui no blog! Beijosss

welze disse...

adorei cada palavra, cada cantiho varrido, cada lugarzinho limpo. amo muito tudo isso

Fernanda Reali disse...

Prefiro com toque pessoal, sem ficar engessado num tema único. Paty Mix, hehe

Iliane disse...

eu amei sua poesia!!e acho tambem que o blog da gente!tem que ter nossa cara mesmo!va´emfrenre..bjus..li

Veronica Kraemer disse...

Patty, amei a poesia, adoro você e acho que realmente o bloguito está mais a sua cara, assim que é bom, né? Não tem como ter um blog que não seja a gente...
Te adorooooooooooooooooo minha flor!!!
Beijosssssssssssssssssss
Vero

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  ©Dona Amélia - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo