12 de jun de 2011

Blogagem Coletiva esmaltes - Esmalte e Romance



Quem não gosta de romance, seja em qual data for, pode ter certeza de que tem algum problema grave de saúde, é a mesma coisa coisa que canta o samba: "quem não gosta de samba, bom sujeito não é, é ruim da cabeça ou é doente do pé!" rs
Confesso que nem sou muito ligada às datas comemorativas, hoje gosto mais do Valentine's Day do que do nosso Dia dos Namorados, porque aqui a gente sabe que é uma data comercial, o de lá tem toda uma história bem legal. Mas enfim, de romance eu gosto é todo dia! ;oD
E para esse fim de semana, voltei a pintar as unhas, usei o mega lindo Pimenta da Panvel, que ganhei da Fer Sahira  e confesso que me descabelei pra  escolher apenas  um filme e um único livro... rs
Mas enfim, escolhi um filme antigo, baseado na história real, chamado Em Nome de Deus.
Que é, sem dúvida alguma, um dos meus filmes preferidos! É muito triste sim, mas é tanto amor, que não há como não se envolver e não se emocionar, chegando às raias da revolta tambéme entenda um pouco porque:


O filme conta a história do amor proibido ocorrido entre Abelardo e Heloisa.
Abelardo era um dos professores mais populares da Escola de Notre-Dame, a primeira Universidade Livre da França. Conforme os costumes da época, não poderia casar-se.
Heloisa, sobrinha do conego Fulbert, foi criada e educada em um convento. Era muito inteligente e instruída. Seu tio pretendia arranjar-lhe um esposo rico.
Abelardo tornou-se seu tutor. Os dois acabaram apaixonando-se e encontravam-se as escondidas, até Fulbert descobrir e, furioso, trancar Heloisa em casa.
Neste meio tempo Heloisa descobre estar grávida e temendo pela reação do tio escreve a Abelardo contando sobre o filho que iria ter. Os dois combinam como fugir de Paris e Abelardo a leva para casa de sua irmã, onde a deixa para retornar a Escola de Notre-Dame.
Após o nascimento de Astrolábio, Abelardo retorna a casa da irmã e casa-se escondido com Heloisa. Os dois deixam seu filho aos cuidados da irmã de Abelardo e retornaram a Paris. Abelardo deixa Heloisa em um convento até convencer as pessoas que um professor pode sim casar-se e continuar lecionando. No entanto Fulbert planeja sua vingança. Manda castrar Abelardo.
Após recuperar-se do castigo, Abelardo entra para um ordem, tornando-se Padre e instiga Heloisa a fazer o mesmo. E os dois passam o resto de suas vidas em conventos.

Fonte:
http://pt.shvoong.com/entertainment/movies/1853994-em-nome-deus/#ixzz1P6d6ytTN



Já o livro que escolhi, foi o Fazes-me Falta, da jornalista portuguesa Inês Pedrosa. Que descobri em meados de 2003 em uma das minhas muitas incursões à livraria. Bastou ler apenas duas páginas pra me apaixonar pelo livro e comprá-lo. 
Inês Pedrosa tem a  capacidade de passar para o papel todos os pensamentos e sentimentos que bóiam em alguma parte dentro de nós e o faz tão bem, que sua prosa parece pura poesia!

Fazes-me Falta é um culto à amizade e ao amor, no qual duas vozes se intercalam: a primeira pertence a uma pessoa que acabou de morrer. É uma alma que vagueia, perdida nos momentos e nas curvas do tempo, que revê e relativiza as urgências terrenas com a infinitude da eternidade.

A segunda voz sai da garganta de alguém que sofreu a perda de uma pessoa muito próxima, um complemento de si mesmo. Esta voz viaja nas dores das ausências, dos silêncios, nas interrogações acerca dessa coisa egoísta que é a morte, essa bruxa  que não respeita nem amores, nem ambições... 


Vejam alguns trechos e tenham uma noção valiosa do prazer que pode ser ler este livro:



6 Comentários:

Lin Sousa disse...

olá, já vi esse filme e chorei baldes,, sou chegada a um filme super hiper romantico .. me lembrei agora do feitiço de áquila .. vc já viu ? bjks LIN

Fernanda Reali disse...

Certeza absoluta de que não vou gostar dos livros, não são do meu estilo, mas do esmalte eu goxxxtei #futilidade ahaha

Adriana Balreira disse...

Paty,
Eu amo esse livro. Primeira pessoa que vejo que conhece Fazes-me Falta. Bom demais, as frases, a história. Muito bom mesmo. Vale a pena ler. Suas unhas ficaram lindas! Vermelho é tudo de bom mesmo!
Beijos
Adriana

Daniana Bittencourt disse...

Paty,

Eu pensei que você já tinha recebido o kit. Acabei de enviar um e-mail para o SAC da empresa com cópia para você. Vamos ver se elas respondem amanhã.

Abraços,
Daniana
Blog Cozinha sem drama

Angela Machado disse...

Adorei a postagem!!! dicas mega úteis!! com certetza assistirei o filme e lerei o livro já que o esmalte já faz parte da minha coleção de vermelhos rsrsr bjocas!!

Renata disse...

Oi Paty!
Eu adoro esse filme! Já assisti várias vezes, mas faz um tempão...que saudade...ele é lindo!
O livro não conheço, mas parece legal.
Beijos, Renata
palpitandoemtudo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  ©Dona Amélia - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo