30 de jun de 2011

Cozido de músculo com legumes e cerveja


No inverno tudo que esquenta mais é mais gostoso, isso é fato!
E aqui em casa todos adoram um cozidão, uma polenta e todo o conforto que uma comidinha caseira pode nos oferecer!
Mas há algum tempo que eu vinha querendo fazer uma carne na cerveja. Já tinha visto várias receitas, mas ainda não tinha calhado de fazer. E hoje eu atinei que teria Músculo na Cerveja pro almoço.
Saí à cata de algumas das minhas receitas, mas nenhuma tinha a cara que eu queria e quando a receita  tinha a cara querida a minha geladeira e despensa não tinham todos os ingredientes.
Então resolvi dar a cara a tapa e me arrisquei a fazer sem mapa [todos costumam dizer receitas! rs]

E quando costumo fazer assim, todo mundo já sabe né, é tudo no olhômetro.
Então "prestenção" no que vou dizer, porque essa carninha ficou "da hora, tia"!! rs

Limpei e piquei em cubos  1/2 kg de músculo e temperei com tempero baiano, molho de alho, um pouco de sal, shoyu e pimenta-do-reino. Cortei uma cebola grande roxa em rodelas e parti ao meio, tipo meia lua, piquei em cubos 2 fatias de bacon magro.
Numa panela de pressão despejei um colher [sopa] de azeite e deitei a cebola e o bacon e deixei refogando. Quando a cebola começou a ficar transparente adicionei 1 colher [chá] de açúcar mascavo e deixei refogar mais um pouco. Adicionei a carne temperada e fui refogando. Quando a carne perdeu o tom avermelhado e começou a fritar, adicionei 1 tomate bem maduro picado, refoguei mais um pouco até o tomate começar a desmanchar e só então adicionei uma tulipa pequena de cerveja clara, mexi bem e depois acrescentei 2 xícaras de caldo de carne. Tampei a panela de pressão e deixei cozinhar por 35min. depois de ter pego pressão. Enquanto isso, piquei batata e cenoura e reservei. Depois de verificar se a carne já estava macia, de corrigir o sal, adicionei as raízes e deixei cozinhar mas com a panela sem a pressão, pro caldo engrossar naturalmente também. Fica  no ponto quando o caldo se torna um molho bem apurado, grosso, e com as raízes cozidas, mas al dente. E na hora de servir, polvilhe com folhas de hortelã picadinhas.

Pra acompanhar fiz um belo de um angú [polenta], mais encorpado dessa vez e corri pro abraço!
Vô contar pra  vocês, frôs, eita que ficou bãodimaisdacontasô!!! Só não experimenta quem for muito bobo, viu! E a hortelã dá um sabor todo especial e delicado.
Com certeza terá repeteco, ainda mais que hoje contei com a aprovação da Cunhada e do Marido, o que pra mim, é tuuudibão! ;oD
E você, por favor, faça, fotografe e me conte, tá, tô doidinha de saudades de postar os pratinhos que vocês fazem inspirados pelas dicas daqui do bloguinho! ;oD

6 Comentários:

Adriana Balreira disse...

Agora sim vi a receita! Uau...Lendo a receita me deu mais vontade ainda de comer um cozidão desses!
Beijos
Adriana

Josiana Leite disse...

Que delia fiquei com vontade de comer, bjs
Josiana Leite

Mi disse...

ola amelia,
eu amo cozido este parece delicioso, a receita e super simples!
adorei seu blog, ja to seguindo
beijinhos

Daniel Deywes disse...

A carne de segunda é muito saborosa quando é bem preparada, eu sou fã de músculo e gosto de fazer desse jeitinho q tu fez...


abraço

Daniel Deywes
http://feitonahora.blogspot.com

Daniana Bittencourt disse...

Noooossa!! Que espetáculo!
Também sou curiosa quanto ao sabor de uma carne feita com cerveja... Ainda faço.. rsrs
Ficou uma belezura seu cozido, além de nutritivo com os legumes e a polenta.
Abraços, Daniana
http://cozinhasemdrama.blogspot.com/

Silvia Mingardi disse...

Hummmmmmmmmm deu fome... eu amo cerveja na carne, mas uso sempre a cerveja preta... fica muito bom...
Parabéns seu blog é delicioso...
Tenha um ótimo dia....
Beijos!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  ©Dona Amélia - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo